Spoonful of Sugar

Spoonful of Sugar

Através do crescente consumo de açúcar em vários países no mundo, inclusive no Brasil, ocorreu um aumento no que diz respeito a questões que envolvem a saúde pública. Por aqui, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Havard nos EUA, esse consumo corresponde a algo em torno de 400 a 500cal por dia. E isso corresponde a 4 a 5 vezes mais das 100 calorias que são indicadas para o consumo diário pela Organização Mundial de Saúde.

Segundo afirma o médico oftalmologista, Leôncio Queiroz Neto, os olhos também podem indicar que o consumo de açúcar está com um nível alto em pessoas que não tem uma facilidade para ganhar peso. Esses problemas são ocasionados por conta da hiperglicemia, ultrapassam a diabetes.

Existem casos em que alguns adultos que nunca precisaram usar óculos, passaram a utilizar esse acessório de repente, e isso aconteceu após eles terem começado a enxergar as coisas distantes embaçadas e para que seja diagnosticado esse problema deve-se fazer um exame de sangue. E esse problema está atrelado ao fato de que o aumento da glicose no sangue tende a incitar a miopia, e com ela, ocorre o inchaço do cristalino acarretando a capacidade do olho em focalizar as imagens.

Tem sido comum alguns diabéticos chegarem no consultório achando que precisam trocar de óculos. E, na maioria dos casos isso se trata apenas de uma flutuação na refração ocasionada pelo mal controle da glicemia. Portanto, a substituição dos óculos não resolve esse problema pois, quando o nível de glicemia retorna ao normal, os óculos voltam a corrigir a visão.
Esse problema de descontrole glicêmico, segundo pesquisa realizada pelo Ministério de Saúde, no Brasil, envolve 18,1% da população do país e, desse percentual, 15,6:% são homens e 20,3% são mulheres.

E, para Queiroz Neto esse aumento e redução da espessura do cristalino, ocasionado pela flutuação da glicemia, preestabelece à formação da catarata, opacificando o cristalino. Atualmente, a única forma de extinguir a catarata é através da cirurgia. E, segundo o especialista, o tipo de cirurgia mais adequado para diabéticos é o procedimento a laser, pois esse tipo de cirurgia realiza cortes mais precisos, dispensando o fechamento com pontos. E, essa precisão, além de diminuir o risco do procedimento, acelera a recuperação e evita as distorções visuais.

Outra alteração que é ocasionada por esse descontrole glicêmico é o glaucoma, que está relacionado com o aumento da consistência do cristalino que tende a prejudicar o fluxo do humor aquoso, em algumas pessoas, ocasionando o aumento da pressão intraocular. O seu tratamento é feito através do uso de colírios que ajudam a manter a pressão intraocular normal. E, além de ser a segunda maior causa de cegueira definitiva no mundo, também pode ocasionar a perda do campo visual, caso o colírio não seja utilizado conforme recomendação médica.

Outra doença ocular ocasionada pela hiperglicemia é a retinopatia que tende a aparecer após a pessoa enfrentar 10 anos de convivência com a diabetes. Segundo o especialista, essa enfermidade acarreta a obstrução dos vasos da retina e, em sua fase inicial, ela ocasiona à diminuição da visão e o surgimento de manchas ao atingir parte da mácula, porção central da retina responsável pela visão de detalhes. Ao evoluir, pode ocasionar o surgimento de novos vasos e que, por serem mais frágeis, estes neovasos podem ser rompidos, ocasionando uma grande hemorragia dentro do olho que leva à cegueira definitiva.

Por fim, o oftalmologista avisa que os alimentos que associam glicose e fruto tende a influenciar no aumento do risco de obstrução dos vasos e artérias e isso está relacionado ao fato de que quando esse coquetel cai no fígado ele é transformado em gordura. Portanto, para que seja mantida a visão em um bom estágio de funcionamento, recomenda-se checar a composição dos alimentos.
Fonte: Bonde

Categories: Uncategorized

Comentários no Facebook

  • Deixe seu comentário

    Nome (*)

    E-mail (*)

    Fone (*)

    Assunto

    Sua mensagem