3770196427_38a7d77c4b_zBancários da província de Sassari (região de Sardenha) se queixaram de que olho estava ardendo, coçando, irritado ou pesado e visão turva ou dupla durante (ou imediatamente) após a jornada de trabalho. Apesar da iluminação não parecer afetar os níveis de desconforto na vista, o barulho e a fumaça afetavam bastante. Estes sintomas foram apresentados por 212 profissionais que foram ouvidos pelos médicos do Instituto de Medicina Ocupacional da Universidade de Sassari.

Os funcionários entrevistados desempenhavam as mesmas atividades no mesmo ambiente de trabalho, além de ter um histórico de saúde parecido. 30% dos que reclamaram da vista cansada ou visão turva apresentavam problemas no trabalho e baixa autoestima. Porém, o detalhe importante constatado é que quase nenhum dos funcionários que se disseram felizes no emprego apresentavam problemas na visão.

De acordo com os pesquisadores, as exigências do trabalho, tanto físicas quanto psicológicas, influenciam a gravidade e frequência das queixas, sendo que parte delas é uma “expressão indireta do desconforto psicológico relacionado às condições de trabalho”.

A expressão dessas queixas pode ser exacerbada pela percepção de altas demandas no trabalho, atividades desinteressantes ou repetitivas e pouco apoio dos colegas e supervisores. Diante destes dados, fica o alerta: muitas pessoas que se queixam de cansaço e irritação na vista devido ao trabalho em frente à tela do computador podem, na verdade, estar estressadas e com baixa autoestima.

Fonte: Saúde Visual

  • Deixe seu comentário

    Nome (*)

    E-mail (*)

    Fone (*)

    Assunto

    Sua mensagem